Pesquisar Produto / Empresa:
Histórico da Cidade
Datas Históricas
Dados Estatísticos
Brasão de Armas e Bandeiras
Prefeitos Municipais
Hinos
As Ruas de São Caetano
Os Bairros de São Caetano
Poder Executivo
Poder Legislativo
Poder Judiciário
Diretorias, Autarquias e Fundações
Governo Itinerante
IPASM
Contas Públicas
Desenvolvimento Econômico
Saúde
Habitação
Esporte
Cultura
Educação
Infra-Estrutura

A Administração iniciou 2001 com o desafio de planejar o crescimento econômico da cidade nos próximos 20 anos, visando o aumento da arrecadação para atender as crescentes necessidades e manter a qualidade de vida da população. O primeiro passo dado foi a criação do Conselho de Desenvolvimento Econômico (Comdec). Presidido pelo executivo André Beer, o Conselho trabalhou durante o ano, traçando alternativas para o desenvolvimento econômico.

Organizou encontros com representantes dos setores financeiro, industrial, comercial, educacional, de informática, finanças, sindicatos, imobiliário e da construção civil para discutir questões conjunturais e estratégias de desenvolvimento econômico.

O Conselho, após ouvir os segmentos da economia, apresentou à sociedade, no evento O Futuro é Agora, o plano de implantação de oito macroprojetos no município, o primeiro deles de criação do Centro Empresarial do Bairro Cerâmica, um pólo tecnológico para abrigar indústrias de ponta, aproveitando os ótimos índices sócio-econômicos e a mão-de-obra capacitada da cidade. O empreendimento anunciado segue modernos conceitos de urbanização, com edifícios inteligentes que ofereçam facilidades em comunicações, energias, etc e será construído nos 360 mil metros quadrados da antiga Cerâmica São Caetano. Após um minucioso estudo, a Prefeitura investiu também na mudança da Lei de Zoneamento, visando facilitar o adensamento da cidade em certos bairros, como o Centro e a própria Cerâmica.

Com um enfoque voltado também a pequenos empreendedores e em parceria com o Governo do Estado, a Prefeitura inaugurou o Banco do Povo Paulista, que oferece crédito, a juros baixos, para pessoas físicas de baixa renda e microempresários. São empréstimos entre R$ 200,00 e R$ 5.000,00, com prazos de pagamento de seis meses, para financiamento de capital de giro, e de 18 meses, para investimento fixo, e taxas de juros de 1% ao mês.

A Diretoria de Desenvolvimento Econômico (Decon) seguiu com o trabalho de prospecção de mercados internacionais para os produtos e as empresas da cidade. São Caetano foi aceita como membro pleno da Rede de Mercocidades, que reúne 79 cidades da América do Sul, para promover ações comerciais e culturais, entre outras.

A Decon também seguiu o trabalho para formar o Consórcio de Exportação, que visa promover exportações dos produtos de pequenas e microempresas de determinados setores. A iniciativa resultou, entre muitas outras atividades, em uma viagem à Santiago, no Chile, dentro do Plano Piloto de Exportações Exposul, feita pelo primeiro grupo do Consórcio formado por empresários do setor de autopeças.