Pesquisar Produto / Empresa:
Dicas de Marketing
Vocabulário
Comércio Eletrônico
Evolução da Internet
O que são banners?
Administração de Anúncios
Custo para Veiculação

As oportunidades de negócio geradas pela Internet devem ser vistas pelos profissionais de marketing como um mundo novo a ser desbravado, e não como uma versão virtual daquilo que fazemos na publicidade off-line. Tentar adaptar as ações de marketing tradicional para a Internet é um erro que você pode evitar procurando compreender e explorar os diferenciais da Internet.

Aqui vão algumas dicas que, periodicamente, serão atualizadas.

Seu site precisa de propaganda

Quando você tem uma loja ou um escritório de prestação de serviços no mundo real, ainda que não faça qualquer tipo de propaganda, as pessoas da redondeza acabam vendo o seu negócio e, ocasionalmente, entrando para dar uma olhada. Na Internet isso não acontece. Se você não fizer com que as pessoas saibam que seu site existe, elas não terão como adivinhar.

A Internet não tem meio-termo: se você fizer com que seu site apareça, gente de lugares que você nem imagina que existam vai visitá-lo; se você deixar que seu site caia no ostracismo, ele simplesmente vai deixar de existir.

Atendimento ao cliente

Um negócio virtual não pode significar, de maneira alguma, distância em relação ao consumidor. Seus clientes precisam se sentir confortáveis em sua loja, como se alguém estivesse sempre ao lado deles oferecendo o melhor atendimento possível.

Você nunca pode frustrar as expectativas de seus clientes em pontos como falhas de segurança ou demora na entrega.

Seja por um telefone 0800 ou um e-mail que ofereça respostas consistentes em poucas horas, prepare-se para tirar eventuais dúvidas do seu cliente.

Lembre-se que cliente mau atendido nunca mais volta, mesmo no mundo virtual.

A mídia off-line pode ajudar a construir sua marca on-line?

Basta sair às ruas, abrir os jornais e revistas ou ligar a TV para ver que as empresas on-line estão investindo - e muito - nas boas e velhas mídias tradicionais.

É verdade que a cada ano as agências aumentam a parcela de suas verbas destinada à mídia on-line, mas a estratégia que tem se mostrado eficaz é o intercâmbio: as empresas off-line estão descobrindo a mídia on-line, e as virtuais tendem a continuar ocupando a mídia tradicional.

A mídia off-line é essencial para ajudar a construir uma marca: os internautas circulam pelas ruas, lêem jornais e revistas, vêem televisão, vão ao cinema. É preciso colocar a sua marca onde eles estão.

Você pode - e deve - conhecer o seu público-alvo.

Um dos grandes trunfos da Internet é o fato de ela ser um veículo que oferece ao anunciante a oportunidade de estabelecer uma relação direta com seu público-alvo, de "transformar" desconhecidos em amigos e amigos em clientes", como afirma Seth Godin em Marketing de Permissão. Segundo Godin, ao contrário dos veículos off-line, que fazem o que ele denomina "marketing de interrupção" pelo fato de interromperem uma determinada atividade do público-alvo para chamar sua atenção, a Internet permite que se crie ações destinadas a fazer com que o público-alvo concorde em receber informações publicitárias.

Quando você oferece um benefício, como uma newsletter interessante, por exemplo, fica mais fácil fazer com que seu público-alvo preencha um cadastro ou forneça seu e-mail, tornando-se um elemento ativo na relação que acaba de estabelecer com sua empresa.

Clippings, promoções e newsletter são ótimas opções para você dar início a uma boa e longa amizade com seu target.

Explore o impacto visual, mas não abuse.

Os recursos tecnológicos que a Internet oferece são um prato cheio para você encher os olhos do seu público-alvo, mas tome cuidado para que os arquivos não fiquem pesados: banners e pop-ups devem ser leves e conter textos curtos e diretos.

Na tela do computador, como se fosse ao vivo.

Se os banners têm, necessariamente, de ser leves, dentro do site você pode fazer com que o público-alvo de seu cliente visualize o produto em cores, com som e movimento. Este é outro grande diferencial da Internet que tem de ser explorado: ela oferece uma qualidade de visualização, que é impossível para a mídia impressa, sem que as pessoas tenham de deixar o conforto de sua casa ou escritório.

Visibilidade ou segmentação?

Algumas estratégias de webmarketing priorizam a visibilidade, investindo pesado nas home pages de portais e nos serviços de e-mail gratuitos. Outras anunciam em seções, grupos de discussão e chats direcionados para públicos específicos.

Se seu cliente é um banco, por exemplo, pode ter certeza de que grande parte dos internautas pode ser considerada seu público-alvo, já que estatísticas apontam que 84% pertencem às classes AB. Nesse caso, você provavelmente conseguirá bons resultados com a visibilidade. Agora, se o negócio do seu cliente é vender artigos esportivos, a segmentação é a melhor opção e você vai conseguir bons resultados nos sites e canais especializados.

As pesquisas são fundamentais e podem ser feitas on-line?

As pesquisas são fundamentais para muitas atividades de webmarketing, como verificação do índice de aceitação do produto; recall de campanhas; avaliação de produtos e serviços; identificação do perfil do usuário; análise de tendências; promoções; pré-teste de produtos, etc. Confira aqui algumas vantagens da pesquisa on-line sobre a off-line:

- segmentação
- redução de custos
- geração de database marketing
- redução do tempo de processamento de dados
- flexibilidade para alterar / substituir perguntas

É bom lembrar que o custo total da pesquisa on-line deve considerar o valor de iniciativas do tipo "responda e ganhe" ou "responda e concorra", para que o internauta tenha interesse em responder às questões.

De onde vem cada clique?

Na Internet você pode medir com precisão o índice de retorno de sua campanha. Por meio de relatórios de acompanhamento detalhados, você vai conhecer não só o número exato de pessoas que viram e que clicaram no seu banner como outros detalhes.

Importantes: de qual provedor vem o maior número de cliques, de qual cidade, em qual horário, etc.

Flexibilidade para testar sua estratégia de marketing.

Outro diferencial importante da mídia on-line é que ela permite que você mude a estratégia de uma campanha em plena veiculação.

Com base nos resultados dos relatórios de acompanhamento que você recebe, é possível avaliar o desempenho de sua campanha e, se for necessário, redirecionar sua estratégia a qualquer momento.